Páginas

segunda-feira, 21 de abril de 2014

2 haicais e 1 poema

1.

plantada no asfalto
ela era flor de pétalas
bailarinas ao vento

2.

bisbilhoteiro
pela persiana o
sol perturba

3.

escreve por não saber pintar
como fotógrafo tímido a
moça sentada no banco da praça
concentrada nas flutuações das nuvens
e pontos invisíveis no vácuo
escreve detalhes que não vê
cria o que não conhece e
ela posa feito modelo sem saber
mulher-arte, ele a faria música
se soubesse as notas
mas não sabe nada delas
nem de tons nem de cores
sabe das letras então escreve

Um comentário:

caixa do afeto e da hostilidade